Roboquedo

O Roboquedo é um dos projetos mais antigos do grupo PET-CoCE. Seu nome vem da junção das palavras Robo + Brinquedo, onde se cria e transforma um robô como um brinquedo para crianças.

Primeiros passos

Sua ideia surgiu em 2013, no mesmo ano que o grupo PET-CoCE se formou. Ela se constituía na categoria Robótica de Baixo Custo na Educação. A proposta envolve, não somente o desenvolvimento de um robô com baixo custo, mas com seu objetivo visando as crianças de faixa etária de 4 a 6 anos, ajudando-as a desenvolver raciocínio lógico, desenvolvimento de lateralidades e inclusive até os princípios mais básicos de programação.

Nos seus primeiros passos, o robô foi tomando forma. Seu desenvolvimento se dividiu em duas partes, um robô+brinquedo que era controlado por uma mesa externa, onde as crianças interagiam de longe.

Construção do roboquedo nas suas etapas iniciais.

A mesa controlada, que é externa ao roboquedo, serve de propósito para movimentar o robo a distancia. O controle é dado por uso de setas, que são obedecidas pelo roboquedo a medida que são dados os movimentos. Observando o comportamento do robo através do uso sucessivo e diferente das setas, as crianças são capazes de relacionar mentalmente conceitos de lateralidade (esquerda e direita), mesmo sem saber por de trás, como todo o projeto funciona.

Roboquedo, no seu formato interno (na versão final).

Inicialmente, nosso roboquedo não havia um propósito, além de se movimentar com a mesa controladora. Dessa forma, foi-se criado todo um cenário e seus personagens, para aproximar melhor as crianças do novo brinquedo que está diante delas. Na primeira versão, expandindo o conceito de robótica de baixo custo, desenvolveu-se, dentro das próprias dependências do grupo PET-CoCE, os personagens de tartaruga e jacaré, onde as crianças precisavam controlar a tartaruga e não deixar que ela fosse atacada pelo jacaré.

Primeiro roboquedo em teste. Aqui, temos nosso jacaré, nossa tartaruga robótica e a mesa controladora.

Avançando e Melhorando.

As pesquisas continuaram. Dessa vez, o roboquedo saiu da sala escondida e foi diretamente ao seu público alvo, onde divertia as crianças e também se estudava os comportamos, com visão em melhorias e novas ideias. Das diversas mudanças que ocorreram e que seguem em curso até hoje, pode-se citar o novo mapa de participação e objetivo para nosso roboquedo. Dessa vez, além de desviar de um jacaré e salvar a vida da nossa tartaruga, exitem diversas outras atividades, que vão desde meio ambiente e ecologia até envolvendo saúde e bem estar.

O (novo) mapa do Roboquedo

Mas não parou por ai. Tais atividades continuaram sendo executadas até os dias de hoje, em conjunto com uma série de outras atividades. Leia mais sobre na seção Outras Atividades na página Nossos Trabalhos.

Transformação e mudanças.

Nosso roboquedo passou uma reforma em 2017, mudando de rosto e de tecnologia. Dessa vez, em parceria com as pesquisas envolvendo impressão 3D, o novo roboquedo foi criado (em sua maior parte), impresso com a impressora 3D do grupo, além de envolver novos modos de programação que envolvem seu funcionamento. O segundo roboquedo continuou e ainda faz parte do grupo, mas avançou e se transformou num novo e remodelado robô de brinquedo!

Roboquedo 2.0 – Com sua “carcaça” impressa em 3D!

O novo roboquedo continua em desenvolvimento até os dias de hoje. Nosso próximo passo é sua conclusão definitiva, e partir para o próximo, melhor, mais robusto!

E chegamos ao fim…

Obrigado por ler ate aqui!
Quer saber mais sobre o roboquedo? Entre em contato conosco!
Além disso, é possível acessar a barra lateral, que contém diversos links úteis que envolvem o roboquedo e suas participações em demais eventos.
É possível acessar arquivos, galeria de fotos e muito mais!

 

Comentários desativados.